O sentimento lindo de ser mãe

781

Nós mulheres temos uma extraordinária dádiva divina, o dom de gerar uma vida. E é neste momento em que podemos refletir o quão maravilhoso é a nossa existência neste mundo. E o contato com o divino e a criação.

Toda mãe já foi uma criança, brincou de boneca e até, quem sabe, sonhou em um dia ter um filho. Quando este momento se realiza é uma dádiva de Deus que nos toca o coração e nos torna uma pessoa completa, enchendo nossos corações com o mais puro sentimento do mundo, o AMOR.

A expectativa da chegada de um bebê é um dos momentos mais plenos e maravilhosos que uma pessoa pode viver.

Quando na sala de parto houve-se aquele silencio de tensão antes do nascimento que é quebrado pelo primeiro choro “Unhe…Unhe…” A emoção toma conta e certamente o sentimento é o maior que qualquer pessoa pode ter.

Parece que neste momento o instinto de maternidade que vem sendo criando nos nove meses de gestação, nasce juntamente com o neném em um mix de responsabilidade com um amor intenso que não existe denominação a não ser uma única palavra. MÃE

Porque quando nasce um bebê, nasce uma mamãe!

A partir do nascimento do filho, nós Mamães, vamos ter experiências diferentes de tudo que já se vivemos anteriormente. Noites mal dormidas, choro constante, uma demanda enorme, mas por outro lado alegrias nunca imaginadas. O primeiro sorriso, quando ele começa a engatinhar, as primeiras palavrinhas e a emoção na primeira vez que se houve MAMÃE da boquinha linda do filho amado. Haja coração!!

Dizem que é como vídeo game, cada fase que se passa vem uma mais desafiadora. No entanto, nós mães com perspicácia e coragem passamos por todas elas com luta, mas sempre com muito amor e carinho.

Quando eu me tornei mamãe pude entender melhor a postura da minha própria mãe.

Foto: Google

Não importa classe, cor, crença ou sexo ou a relação com ela. Todos nós fomos gerados por essa figura dadivosa que nos deu a vida. Ela nos doou um espaço dentro si para que fossemos nos desenvolvendo até que prontos, nascemos para estar neste mundo, na nossa realidade.

Então por que não dedicar um momento e fazer uma pausa em nossa vida tão corrida, com tantos compromissos e nos dedicarmos a quem nos deu nosso dom maior: A VIDA.

O importante é que, por um instante, canalizemos todo nosso carinho, toda nossa gratidão, enfim, todo nosso amor para este ser que é único em nossas vidas. Afinal, nossos filhos um dia poderão sentir todo este amor por nós, já nossas mães, se não fosse ela não estaríamos tendo essa conversa, não é? 😉

 

 

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.